sábado, 30 de novembro de 2013

Vlog! O Outono nos Estados Unidos



No primeiro ano que morei nos Estados Unidos, fiquei impressionada como as estações do ano são bem definidas. Na primavera as flores brotam por todos os lados, no verão é calor do início ao fim, no Outono as folhas das árvores mudam a cor para vermelho, laranja ou amarelo. Depois de mudarem de cor, elas caem ficando só os galhos então dando lugar ao inverno.

O outono é uma estação agradável, porque começa a esfriar mas ainda não faz aquele frio insuportável do inverno. Os lugares ficam muito bonitos pelas cores das árvores e até mesmo um mero bairro nos subúrbios acaba virando um cenário incrível para fotos.

No vídeo mostro um passeio pelo Shenandoah National Park, uma reserva natural onde a vista é mais bonita ainda na época de outono.




Obrigada por assistir. Beijos

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vlog! 20 Curiosidades sobre os EUA.





Eae Galera, tudo bem?
Umas semanas atrás comecei a anotar umas curiosidades que eu percebia de diferente aqui nos Estados Unidos. Quando cheguei em 20 delas, resolvi fazer esse vídeo. Se vc curtir clica no "joinha" e se inscreva no canal.



Obrigada. Bjs :)

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Um carnaval qualquer na Ilha Grande

Num mês de março qualquer, eu e mais 3 amigas pegamos o ônibus no terminal Tietê em São Paulo com destino à Ilha Grande (Rio de Janeiro). E como estava lotado aquele terminal. Claro, era carnaval!

Eu costumava ser revoltada com o carnaval, sempre odiei. Odiei o axé, odiei a multidão, odiei as fantasias, odiei as mulheres semi-nuas na Globo. Mas naquele dia, naquele terminal, eu estava amando. Cheguei a conclusão que só o carnaval para me proporcionar 4 dias de feriado numa ilha paradisiaca com muito sol, cerveja e pegação.

E que lugar lindo! Não conheço o mundo inteiro (ainda) mas já estive em muitos lugares de tirar o fôlego, e a Ilha Grande está sem dúvida no topo da lista.

O hostel que ficamos, apesar de pequeno, era bem bacana, super limpo, organizado e os funcionários eram simpáticos e prestativos.

A Ilha Grande tem muitas praias mas as hospedagens, em sua maioria, ficam concentradas na Vila do Abraão, que é também onde esta o píer principal onde chegam e partem os barcos para Angra dos Reis e para as praias da ilha.

São muitos os tours oferecidos pelas agências, vc pode escolher entre fazer um tour de barco que da a volta na Ilha toda, ou vc pode fazer só a metade da Ilha, ou também pode ir para 2 ou 3 praias de sua preferência. Se vc tiver tempo e disposição, tem algumas praias que da pra ir pela trilha, mas são 2 ou 3 horas de caminhada.

Nos fizemos dois tours, e passamos pelas seguintes praias: Praia de Dois Rios, Praia de Lopes Mendes, Praia do Cachadaco, Lagoa Verde. Fotos: (do Google)

Praia Dois Rios
Praia de Lagoa Verde
Praia Cachadaço
Praia Lopez Mendes

Os tours são bem legais, no barco eles servem frutas, água, suco e algumas coisinhas para comer. Cada parada fica mais ou menos 40 minutos em cada praia, não da pra deitar e ficar torrando no sol e lendo uma revista, se vc quiser fazer isso deve ficar nas praias na Vila do Abraão. Esses passeios são mais para apreciar a beleza das praias e tirar fotos.

Me lembro que eu fiquei boba com a cor da água, do céu e a beleza da praia, parecia mentira. Lembram daquele comercial (bem sem noção diga-se de passagem) do chocolate Prestigio? Então, as praias da Ilha Grande sao dignas de cenário de comercial.


Durante o dia a gente conhecia as praias, bebia cerveja e comia frutos do mar e durante a noite festejava. E assim foi o feriado todo. Como odiar o carnaval?

Na primeira noite antes de sair, resolvemos comer um crepe - o mais famoso da Ilha e muito bom por sinal - minha amiga pediu um que tinha alho. Virei pra ela e disse "putz, mas e se aparecer um gatinho mais tarde?" e ela respondeu "eu vou escovar os dentes" e eu retruquei "mas bafo de alho não sai escovando não" e ela disse "mas com tequila sai".

Eu tinha levado uma garrafa de tequila (que havia comprado ja pensando nesse feriado) que a gente detonou e depois foi pra rua pular carnaval. Na praça da vila teve show ao vivo todas as noites e há vários  bares em volta. A pequena vila ficou lotada de gente fantasiada.

Na segunda noite,  a gente entrou mais no clima e vestimos nossas fantasias, que foram aproveitadas do halloween passado. Dessa vez, uns ingleses (que conhecemos no hostel) se juntaram a nos para ir pular na praça. Depois de dançar muito com a banda ao vivo, um dos ingleses foi buscar seu violão, começamos a fazer um lual no meio da praça, varias pessoas se juntaram a nós e quando vimos, tava mo galera cantando junto. Fomos andando até a praia e o lual não parou, a galera saiu atrás da gente cantando, alguns bêbados, alguns sobrios, aquilo foi épico.

Uma das meninas inglesas me disse que no Brasil as pessoas se divertem mais e julgou aquela noite a mais divertida de toda estadia dela na Ilha. Espero que o resto da viagem dela pelo país tenha sido bacana e que ela tenha ido embora com uma boa lembrança do Brasil.

Já era bem tarde e a fome bateu, chamei uma das meninas para ir no crepe. A única coisa que queríamos saber era de comer e voltar pro hostel. No caminho apareceram 2 carinhas nos puxando, só que a gente desviou deles e continuamos nosso caminho para o desejável crepe. Depois de uns minutos a gente se tocou que os caras eram bem gracinhas e falamos uma pra outra " ué, pq a gente nao pegou eles?" E as duas ao mesmo tempo "Ah, preguiça".  Até a Miss Piri dentro de mim só pensava no crepe.

Na manhã seguinte a gente fez um tour de barco, todo mundo tava de ressaca. Andar de barco de ressaca foi osso, mas nada que um engov e uns remédios de dor de cabeça não resolveram.

Na última noite de fanfarra fomos de novo pro show na praça, e nessa noite a gente nao teve preguiça de pegar os gracinhas.

Estávamos no meio do show, quando um chapéu voou sei la de onde e parou na minha cabeça. Um japa atrás de mim pegou o chapéu e ficou zuando que ia rouba-lo (no fim das contas ele ficou com o chapéu mesmo). Acabamos fazendo amizade com a turminha do japa, e tinha um deles que ficou com graca pro meu lado e ele era bem pegável. Aaah dessa vez, não teve crepe que segurasse  a Miss Piri.

Deixamos a Ilha no dia seguinte, afinal, o carnaval tinha chegado ao fim e era hora de voltar para a cinzenta São Paulo.


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Vlog: Festas de Halloween



Eae, video no vlog.

Esse ano o Halloween caiu numa quinta-feira. Por isso, a comemoração começou no fim de semana anterior. Eu fui em 3 festas. Confiram como foi!




Obrigada e Beijos!

sábado, 2 de novembro de 2013

Vlog! Carving a pumpkin (Halloween)

EAEEEE!!! Happy halloween!!!

Mais um vídeo sobre o essa data que eu adoro. Dessa vez resolvi fazer um jack o' lantern, aquelas abóboras esculpidas! Confiram como ficou :) Beijos.












Obrigada por assistir. Se inscrevam no canal no youtube.

sábado, 30 de novembro de 2013

Vlog! O Outono nos Estados Unidos



No primeiro ano que morei nos Estados Unidos, fiquei impressionada como as estações do ano são bem definidas. Na primavera as flores brotam por todos os lados, no verão é calor do início ao fim, no Outono as folhas das árvores mudam a cor para vermelho, laranja ou amarelo. Depois de mudarem de cor, elas caem ficando só os galhos então dando lugar ao inverno.

O outono é uma estação agradável, porque começa a esfriar mas ainda não faz aquele frio insuportável do inverno. Os lugares ficam muito bonitos pelas cores das árvores e até mesmo um mero bairro nos subúrbios acaba virando um cenário incrível para fotos.

No vídeo mostro um passeio pelo Shenandoah National Park, uma reserva natural onde a vista é mais bonita ainda na época de outono.




Obrigada por assistir. Beijos

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Vlog! 20 Curiosidades sobre os EUA.





Eae Galera, tudo bem?
Umas semanas atrás comecei a anotar umas curiosidades que eu percebia de diferente aqui nos Estados Unidos. Quando cheguei em 20 delas, resolvi fazer esse vídeo. Se vc curtir clica no "joinha" e se inscreva no canal.



Obrigada. Bjs :)

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Um carnaval qualquer na Ilha Grande

Num mês de março qualquer, eu e mais 3 amigas pegamos o ônibus no terminal Tietê em São Paulo com destino à Ilha Grande (Rio de Janeiro). E como estava lotado aquele terminal. Claro, era carnaval!

Eu costumava ser revoltada com o carnaval, sempre odiei. Odiei o axé, odiei a multidão, odiei as fantasias, odiei as mulheres semi-nuas na Globo. Mas naquele dia, naquele terminal, eu estava amando. Cheguei a conclusão que só o carnaval para me proporcionar 4 dias de feriado numa ilha paradisiaca com muito sol, cerveja e pegação.

E que lugar lindo! Não conheço o mundo inteiro (ainda) mas já estive em muitos lugares de tirar o fôlego, e a Ilha Grande está sem dúvida no topo da lista.

O hostel que ficamos, apesar de pequeno, era bem bacana, super limpo, organizado e os funcionários eram simpáticos e prestativos.

A Ilha Grande tem muitas praias mas as hospedagens, em sua maioria, ficam concentradas na Vila do Abraão, que é também onde esta o píer principal onde chegam e partem os barcos para Angra dos Reis e para as praias da ilha.

São muitos os tours oferecidos pelas agências, vc pode escolher entre fazer um tour de barco que da a volta na Ilha toda, ou vc pode fazer só a metade da Ilha, ou também pode ir para 2 ou 3 praias de sua preferência. Se vc tiver tempo e disposição, tem algumas praias que da pra ir pela trilha, mas são 2 ou 3 horas de caminhada.

Nos fizemos dois tours, e passamos pelas seguintes praias: Praia de Dois Rios, Praia de Lopes Mendes, Praia do Cachadaco, Lagoa Verde. Fotos: (do Google)

Praia Dois Rios
Praia de Lagoa Verde
Praia Cachadaço
Praia Lopez Mendes

Os tours são bem legais, no barco eles servem frutas, água, suco e algumas coisinhas para comer. Cada parada fica mais ou menos 40 minutos em cada praia, não da pra deitar e ficar torrando no sol e lendo uma revista, se vc quiser fazer isso deve ficar nas praias na Vila do Abraão. Esses passeios são mais para apreciar a beleza das praias e tirar fotos.

Me lembro que eu fiquei boba com a cor da água, do céu e a beleza da praia, parecia mentira. Lembram daquele comercial (bem sem noção diga-se de passagem) do chocolate Prestigio? Então, as praias da Ilha Grande sao dignas de cenário de comercial.


Durante o dia a gente conhecia as praias, bebia cerveja e comia frutos do mar e durante a noite festejava. E assim foi o feriado todo. Como odiar o carnaval?

Na primeira noite antes de sair, resolvemos comer um crepe - o mais famoso da Ilha e muito bom por sinal - minha amiga pediu um que tinha alho. Virei pra ela e disse "putz, mas e se aparecer um gatinho mais tarde?" e ela respondeu "eu vou escovar os dentes" e eu retruquei "mas bafo de alho não sai escovando não" e ela disse "mas com tequila sai".

Eu tinha levado uma garrafa de tequila (que havia comprado ja pensando nesse feriado) que a gente detonou e depois foi pra rua pular carnaval. Na praça da vila teve show ao vivo todas as noites e há vários  bares em volta. A pequena vila ficou lotada de gente fantasiada.

Na segunda noite,  a gente entrou mais no clima e vestimos nossas fantasias, que foram aproveitadas do halloween passado. Dessa vez, uns ingleses (que conhecemos no hostel) se juntaram a nos para ir pular na praça. Depois de dançar muito com a banda ao vivo, um dos ingleses foi buscar seu violão, começamos a fazer um lual no meio da praça, varias pessoas se juntaram a nós e quando vimos, tava mo galera cantando junto. Fomos andando até a praia e o lual não parou, a galera saiu atrás da gente cantando, alguns bêbados, alguns sobrios, aquilo foi épico.

Uma das meninas inglesas me disse que no Brasil as pessoas se divertem mais e julgou aquela noite a mais divertida de toda estadia dela na Ilha. Espero que o resto da viagem dela pelo país tenha sido bacana e que ela tenha ido embora com uma boa lembrança do Brasil.

Já era bem tarde e a fome bateu, chamei uma das meninas para ir no crepe. A única coisa que queríamos saber era de comer e voltar pro hostel. No caminho apareceram 2 carinhas nos puxando, só que a gente desviou deles e continuamos nosso caminho para o desejável crepe. Depois de uns minutos a gente se tocou que os caras eram bem gracinhas e falamos uma pra outra " ué, pq a gente nao pegou eles?" E as duas ao mesmo tempo "Ah, preguiça".  Até a Miss Piri dentro de mim só pensava no crepe.

Na manhã seguinte a gente fez um tour de barco, todo mundo tava de ressaca. Andar de barco de ressaca foi osso, mas nada que um engov e uns remédios de dor de cabeça não resolveram.

Na última noite de fanfarra fomos de novo pro show na praça, e nessa noite a gente nao teve preguiça de pegar os gracinhas.

Estávamos no meio do show, quando um chapéu voou sei la de onde e parou na minha cabeça. Um japa atrás de mim pegou o chapéu e ficou zuando que ia rouba-lo (no fim das contas ele ficou com o chapéu mesmo). Acabamos fazendo amizade com a turminha do japa, e tinha um deles que ficou com graca pro meu lado e ele era bem pegável. Aaah dessa vez, não teve crepe que segurasse  a Miss Piri.

Deixamos a Ilha no dia seguinte, afinal, o carnaval tinha chegado ao fim e era hora de voltar para a cinzenta São Paulo.


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Vlog: Festas de Halloween



Eae, video no vlog.

Esse ano o Halloween caiu numa quinta-feira. Por isso, a comemoração começou no fim de semana anterior. Eu fui em 3 festas. Confiram como foi!




Obrigada e Beijos!

sábado, 2 de novembro de 2013

Vlog! Carving a pumpkin (Halloween)

EAEEEE!!! Happy halloween!!!

Mais um vídeo sobre o essa data que eu adoro. Dessa vez resolvi fazer um jack o' lantern, aquelas abóboras esculpidas! Confiram como ficou :) Beijos.












Obrigada por assistir. Se inscrevam no canal no youtube.

Receba um e-mail quando o blog for atualizado