segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

“Pérolas das bitches”

Escrevi esse texto um tempinho atrás, achei nos meus arquivos e resolvi postar porque posts de viagens são legais, mas esse blog tá precisando de um texto no estilo "bad girl".


Homem é tosco a maioria das vezes que abre a boca (SORRY boys, I love you anyway)  mas mulher também sabe ser bem tosca quando quer. Pensando em algumas pérolas que eu mesma já lancei ou já ouvi por ai de amigas bitches, resolvi escrever um post sobre isso. É aqui vão algumas...

Era véspera de ano novo, eu e mais uma amiga estávamos no lobby do hostel esperando para fazer check in, enquanto estávamos ali sentadas, esperando, a recepção do lugar bombava... entrava e saia gente a cada trinta segundos... e a maioria – para a nossa alegria – eram homens.

Nossos olhos pareciam bolinhas de ping-pong olhando para os belezinhas que entravam e saiam pela porta daquele hostel, estávamos tão hipnotizadas que esquecemos de olhar disfarçadamente, até que depois de longos minutos olhando incessantemente minha amiga se tocou e soltou a pérola “Nossa, vou até colocar o óculos escuro para não passar vergonha, porque não consigo parar de olhar pra esses caras”. Chorei!

Certa vez, uma amiga tava pegando um gringo. Ela ficou super empolgada, achando que ia rolar uma pegação fortíssima porque já fazia duas semanas que eles estavam de casinho. No fim das contas a bitch encontrou o gringo várias vezes, fez vários passeios estilo namorandinhos, e o gringo não pagou nem um guaraná pra ela e também não teve a atitude de convida-la para ficarem a sós. Furiosa, a bitch foi contar para suas amigas como foi a pegação com o gringo e ela disse “Pow, o cara além de não pagar nada, não prestou nem pra me comer”. Por sua vez, as amigas bitches responderam “Não acredito! O cara não te comeu e nem pagou a conta? Aaah esse ai nunca mais, né?”

Não é da natureza da mulher dizer ou ter atitudes toscas, mas dependendo da situação é necessário, por exemplo, quando a gente nunca tem ninguém pra dar uns pegas e de repente aparecem dois, o que fazer? No meu caso, tive que ser um pouco tosca...

Estava pegando um cara fazia uma semana e ele tava sendo meio grudento, eu tinha saído com ele na sexta e ele queria me ver de novo no sábado e no domingo, só que outro peguete já tinha me chamado pra sair no sábado, então falei pro grudentinho que eu tava meio doente e não ia sair àquela noite. Mas eu saí e dei uns pegas no outro cara – claro – e no domingo encontrei o grudentinho e dei uns pegas nele também, eu não estava muito a fim não, mas o cara era muito top, não dava pra negar !!!

Ainda considero homens e mulheres diferentes - em alguns aspectos - mas quando se trata de tosquisse, tanto calcinhas quanto cuecas, tem culpa no cartório!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

“Pérolas das bitches”

Escrevi esse texto um tempinho atrás, achei nos meus arquivos e resolvi postar porque posts de viagens são legais, mas esse blog tá precisando de um texto no estilo "bad girl".


Homem é tosco a maioria das vezes que abre a boca (SORRY boys, I love you anyway)  mas mulher também sabe ser bem tosca quando quer. Pensando em algumas pérolas que eu mesma já lancei ou já ouvi por ai de amigas bitches, resolvi escrever um post sobre isso. É aqui vão algumas...

Era véspera de ano novo, eu e mais uma amiga estávamos no lobby do hostel esperando para fazer check in, enquanto estávamos ali sentadas, esperando, a recepção do lugar bombava... entrava e saia gente a cada trinta segundos... e a maioria – para a nossa alegria – eram homens.

Nossos olhos pareciam bolinhas de ping-pong olhando para os belezinhas que entravam e saiam pela porta daquele hostel, estávamos tão hipnotizadas que esquecemos de olhar disfarçadamente, até que depois de longos minutos olhando incessantemente minha amiga se tocou e soltou a pérola “Nossa, vou até colocar o óculos escuro para não passar vergonha, porque não consigo parar de olhar pra esses caras”. Chorei!

Certa vez, uma amiga tava pegando um gringo. Ela ficou super empolgada, achando que ia rolar uma pegação fortíssima porque já fazia duas semanas que eles estavam de casinho. No fim das contas a bitch encontrou o gringo várias vezes, fez vários passeios estilo namorandinhos, e o gringo não pagou nem um guaraná pra ela e também não teve a atitude de convida-la para ficarem a sós. Furiosa, a bitch foi contar para suas amigas como foi a pegação com o gringo e ela disse “Pow, o cara além de não pagar nada, não prestou nem pra me comer”. Por sua vez, as amigas bitches responderam “Não acredito! O cara não te comeu e nem pagou a conta? Aaah esse ai nunca mais, né?”

Não é da natureza da mulher dizer ou ter atitudes toscas, mas dependendo da situação é necessário, por exemplo, quando a gente nunca tem ninguém pra dar uns pegas e de repente aparecem dois, o que fazer? No meu caso, tive que ser um pouco tosca...

Estava pegando um cara fazia uma semana e ele tava sendo meio grudento, eu tinha saído com ele na sexta e ele queria me ver de novo no sábado e no domingo, só que outro peguete já tinha me chamado pra sair no sábado, então falei pro grudentinho que eu tava meio doente e não ia sair àquela noite. Mas eu saí e dei uns pegas no outro cara – claro – e no domingo encontrei o grudentinho e dei uns pegas nele também, eu não estava muito a fim não, mas o cara era muito top, não dava pra negar !!!

Ainda considero homens e mulheres diferentes - em alguns aspectos - mas quando se trata de tosquisse, tanto calcinhas quanto cuecas, tem culpa no cartório!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba um e-mail quando o blog for atualizado