terça-feira, 14 de setembro de 2010

Aventura na Califórnia: Los Angeles


Desembarcamos em San Diego numa segunda pela manhã, pegamos o carro que haviamos reservado para alugar e fomos em direção à Los Angeles fazendo a costa, parando nas praias. A primeira parada foi Laguna Beach. Foi a praia que mais gostei. É um lugar muito tranquilo, bonito e limpo. É tudo muito igual àqueles seriados e filmes sobre as praias da Califórnia, os salva vidas loiros de pele morena sentados naquelas cabines, muitos surfistas, a galera usando manga-comprida por cima do biquine por causa do ventinho gelado, as gaivotas na areia, as palmeiras, as casas e pousadas de janelas gigantes de vidro, corpos sarados, coroas usando shorts caqui e madames de chapéu grande. Eu quase pude ver a Pamela Anderson usando aquele maiô vermelho correndo com uma boia na mão pela areia com seus megas melões de silicone que nem se movia de tão duro.

A próxima praia que paramos foi mais um cenário de seriado americano: Newport Beach, onde é gravado o seriado The O.C. Não achei a praia muito bonita não pra falar a verdade, mas fomos explorar mesmo assim, tiramos bastante fotos e paramos no Subway pra almoçar. Depois do nosso almoço, seguimos em direção à Santa Mônica, achei a praia sem graça também, mas o píer é bem bonitinho, onde tem a roda gigante que é cartão postal. E nossa última parada foi em Venice Beach, praia sem graça, mas a galera é estilosa demais, muita gente andando de skate.

Foi um sonho realizado estar nessas praias da Califórnia que são tão famosas, tem lugares lindos mas confesso que até em São Paulo temos praias do mesmo nível, e com toda certeza as nossas praias do Nordeste ganham disparadamente das daqui.

Quando terminamos essa jornada de praias fomos para Los Angeles downtown para fazer check in no hostel. Chegamos, com muito esforço, num bairro chinês até que o GPS disse “Arrived at the destination on right”, mas não vimos nada. Paramos o carro na rua e fomos lá a pé com as reservas impressas na mão. Foi ai que nos deparamos com um prédio com uma faixa escrito o nome do hostel ao lado de mais um monte de placas em japonês, chinês, ou sei lá que raio, que me deixava até tonta de olhar, cercado com um portão branco trancado e lá dentro tinha um senhorzinho de olhos puxados com uniforme de segurança. “Excuse-me, we have reservations for this hostel, is it open?” eu falei e o senhorzinho respondeu “telephone, hosanna house, telephone” - Hosanna House era o nome do hostel - e apontava para um papel rasgado grudado no portão com um número meio apagado escrito à mão. Ligamos para o hostel e ninguém atendia. Perguntei novamente para o senhorzinho “Is it working?” e apontei para o hostel e ele só repetia “UOKIN? UOKIN? TELEPHONE”, ou seja, ele não falava um A em inglês e não conseguimos entender o que ele tava tentando dizer. O fato do hostel parecer que não existia ou estava fechado era cômico e trágico ao mesmo tempo e a gente não sabia se ria ou chorava. Acabamos num ataque de riso.

Voltamos para o carro e digitamos “hotel”no GPS, apareceu um motel que era bem pertinho de onde estavamos, e motel é sempre mais barato que hotel. Chegamos lá e o quarto com uma cama de casal era 50 dólares por noite, dividido por duas, ia ficar só 25 doláres para cada uma. Ficamos felizes da vida, o lugar era bem podrinho, mas pra quem já tinha ficado em hostel que o chuveiro era gelado (em Vegas), e hostel que os hospedes costumam fazer sexo barulhento no meio da noite (em San Francisco), eu e a Pinup tava luxando naquele motelzinho podre, pelo menos conseguimos dormir no silêncio e o chuveiro era quentinho.

Na manhã seguinte fomos passear na Hollywood Boulevard, a rua onde tem a calçada da fama, o Kodak Theatre, o Chinese Theatre, o Museu de Cera etc. É apenas uma rua e pode parecer bobeira, mas é realmente emocionante estar ali sabendo que celebridades passaram por ali, ir no Kodak Theatre e pensar que a cerimônia do Oscar é realizada ali dá um friozinho na barriga, ver funcionários carregando equipamentos de filmagem pra todo lado, estava até rolando uma filmagem de alguma coisa num ponto da rua que passamos.



Pra mim, o mais legal foi chegar relativamente próximo do Hollywood Sign, aquela placa enorme escrita “Hollywood”, de vários pontos da cidade é possível vê-la, mas eu queria muito chegar mais perto, então pesquisamos no GPS e depois de nos perdemos muitas vezes e subimos um morro de ruas muito estreitas, conseguimos chegar até a última rua onde é permitido. Apesar de ainda estarmos um pouco longe, a placa é enorme e bem em cima dum morro, dava pra ver nitidamente e tirar muitas fotos legais. Poucos dias antes de viajar eu assisti o filme “The Runaways”, tem uma cena em que as meninas da banda sobem lá no topo do Hollywood Sign pra fumar maconha. Quando cheguei lá fiquei olhando pra placa e pensando “Caralho, a Joan Jett subiu ali pra fumar maconha, e eu tô aqui”, claro que eu não consegui chegar lá no topo da placa que nem elas e também não ia acender um baseado, mas fiquei imaginando aquele lugar nos anos 70 e elas bem louca subindo aquele barranco. Foi uma sensação muito foda!

Seguimos depois para Beverly Hills, paramos o carro na porta da casa onde foi gravado o “The Osbournes” da MTV, mas não tinha nada demais para ver, demos umas voltinhas por lá, mas infelizmente a vizinhança tava bem tranquila e não dei sorte de ver a Britney Spears dando os chiliques dela ou a Angelina Jolie e o Brad Pitt se pegando nos tapas. Passamos também pela Rodeo Drive, é uma rua por ali que só tem lojas de grife caríssimas e é onde as celebridades costumam fazer compras. A minha mãe adora canetas, então eu adquiri uma canetinha da Mont Blanc como lembrancinha para ela... logo em seguida eu caí da cama. (risos)

No nosso segundo dia em Los Angeles reservamos para ir no Universal Studios, gastei 100 dólares contando com a comida, mas valeu a pena. O parque é bem legal, o tour pelos sets de filmagem é muito interessante, passamos pelos sets de filmagens do seriado Desperate Housewives e dos filmes Guerra dos Mundos, Psicose, Grinch e outros. Curiosidade: o cenário dos dois últimos são um bem atrás do outro. No tour eles também mostram como são feitos alguns efeitos especiais como: fazer chover, explosões e carros voando. Passamos por um corredor 3D do Jurassic Park que parece que os dinossauros tão brigando bem do nosso lado e também vimos alguns carros usados nas filmagens dos filmes “Veloses e Furiosos”e “De Volta para o Futuro”, esse último claro que eu não perdi a oportunidade de tirar foto, eu tinha esse filme até gravado em fita VHS quando era criança , adorava assistir repetidas vezes e ficava matutando se era mesmo possível um carro te levar para o passado ou para o futuro.

Quando saímos do parque já seguimos direto para o hostel em San Diego, e nossa aventura pela cidade onde acontece toda magia do cinema acabou por aqui. Para mim, que sou apaixonada por cinema, foi emocionante, fiquei mesmo arrepiada de estar no lugar onde aconteceram muitas coisas que marcaram minha infância ou adolescência, realmente inesquecível.

6 comentários:

  1. E as adventures tem continuação,né? Pq senão vou ficar triste por não ter mais uma história de Mari on the road pra rir um muitoooooo!!!

    ResponderExcluir
  2. Nao seria fitaa VHS? :p
    Eu tmb fiquei emocionada em LA. Principalmente pq todo mundo me dizia que a cidade era feia e nao tinha nada. Eu ameeeei Hollywood, amei beverly Hills e me apaixonei por Santa Monica. Que cidade linda. Aqueles coqueiros.. ai ai ai. E como eu falo, a Katy Perry tem razao. Nothing comes close to the golden coast. :)
    Beijao, Mariii

    ResponderExcluir
  3. Que espaço maravilhoso, tao bem cuidadinho!! Um charme!
    Adoraria te-la como seguidora em nosso novo blog!
    adorei seu blog !!!

    ah...
    Somos irmãs, diferentes, mas com uma coisa em comum : queremos dividir nossos mimos, dicas, segredinhos, fotos, a gente por dentro e por fora !

    E vai ficar muito mais legal se você vier conosco !

    hug,

    Lulú & Sol

    ResponderExcluir
  4. flooor obrigada pelo coment!!to te seguindo tbm!!!!!adorooooooo
    c cuida!!
    bjao

    ResponderExcluir
  5. Gosteii do post!!
    =]
    Tenha uma otima semanaa
    Bjaaoo

    ResponderExcluir
  6. Muito bom! acompanhe a gente também! http://mulheresinsensatas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Aventura na Califórnia: Los Angeles


Desembarcamos em San Diego numa segunda pela manhã, pegamos o carro que haviamos reservado para alugar e fomos em direção à Los Angeles fazendo a costa, parando nas praias. A primeira parada foi Laguna Beach. Foi a praia que mais gostei. É um lugar muito tranquilo, bonito e limpo. É tudo muito igual àqueles seriados e filmes sobre as praias da Califórnia, os salva vidas loiros de pele morena sentados naquelas cabines, muitos surfistas, a galera usando manga-comprida por cima do biquine por causa do ventinho gelado, as gaivotas na areia, as palmeiras, as casas e pousadas de janelas gigantes de vidro, corpos sarados, coroas usando shorts caqui e madames de chapéu grande. Eu quase pude ver a Pamela Anderson usando aquele maiô vermelho correndo com uma boia na mão pela areia com seus megas melões de silicone que nem se movia de tão duro.

A próxima praia que paramos foi mais um cenário de seriado americano: Newport Beach, onde é gravado o seriado The O.C. Não achei a praia muito bonita não pra falar a verdade, mas fomos explorar mesmo assim, tiramos bastante fotos e paramos no Subway pra almoçar. Depois do nosso almoço, seguimos em direção à Santa Mônica, achei a praia sem graça também, mas o píer é bem bonitinho, onde tem a roda gigante que é cartão postal. E nossa última parada foi em Venice Beach, praia sem graça, mas a galera é estilosa demais, muita gente andando de skate.

Foi um sonho realizado estar nessas praias da Califórnia que são tão famosas, tem lugares lindos mas confesso que até em São Paulo temos praias do mesmo nível, e com toda certeza as nossas praias do Nordeste ganham disparadamente das daqui.

Quando terminamos essa jornada de praias fomos para Los Angeles downtown para fazer check in no hostel. Chegamos, com muito esforço, num bairro chinês até que o GPS disse “Arrived at the destination on right”, mas não vimos nada. Paramos o carro na rua e fomos lá a pé com as reservas impressas na mão. Foi ai que nos deparamos com um prédio com uma faixa escrito o nome do hostel ao lado de mais um monte de placas em japonês, chinês, ou sei lá que raio, que me deixava até tonta de olhar, cercado com um portão branco trancado e lá dentro tinha um senhorzinho de olhos puxados com uniforme de segurança. “Excuse-me, we have reservations for this hostel, is it open?” eu falei e o senhorzinho respondeu “telephone, hosanna house, telephone” - Hosanna House era o nome do hostel - e apontava para um papel rasgado grudado no portão com um número meio apagado escrito à mão. Ligamos para o hostel e ninguém atendia. Perguntei novamente para o senhorzinho “Is it working?” e apontei para o hostel e ele só repetia “UOKIN? UOKIN? TELEPHONE”, ou seja, ele não falava um A em inglês e não conseguimos entender o que ele tava tentando dizer. O fato do hostel parecer que não existia ou estava fechado era cômico e trágico ao mesmo tempo e a gente não sabia se ria ou chorava. Acabamos num ataque de riso.

Voltamos para o carro e digitamos “hotel”no GPS, apareceu um motel que era bem pertinho de onde estavamos, e motel é sempre mais barato que hotel. Chegamos lá e o quarto com uma cama de casal era 50 dólares por noite, dividido por duas, ia ficar só 25 doláres para cada uma. Ficamos felizes da vida, o lugar era bem podrinho, mas pra quem já tinha ficado em hostel que o chuveiro era gelado (em Vegas), e hostel que os hospedes costumam fazer sexo barulhento no meio da noite (em San Francisco), eu e a Pinup tava luxando naquele motelzinho podre, pelo menos conseguimos dormir no silêncio e o chuveiro era quentinho.

Na manhã seguinte fomos passear na Hollywood Boulevard, a rua onde tem a calçada da fama, o Kodak Theatre, o Chinese Theatre, o Museu de Cera etc. É apenas uma rua e pode parecer bobeira, mas é realmente emocionante estar ali sabendo que celebridades passaram por ali, ir no Kodak Theatre e pensar que a cerimônia do Oscar é realizada ali dá um friozinho na barriga, ver funcionários carregando equipamentos de filmagem pra todo lado, estava até rolando uma filmagem de alguma coisa num ponto da rua que passamos.



Pra mim, o mais legal foi chegar relativamente próximo do Hollywood Sign, aquela placa enorme escrita “Hollywood”, de vários pontos da cidade é possível vê-la, mas eu queria muito chegar mais perto, então pesquisamos no GPS e depois de nos perdemos muitas vezes e subimos um morro de ruas muito estreitas, conseguimos chegar até a última rua onde é permitido. Apesar de ainda estarmos um pouco longe, a placa é enorme e bem em cima dum morro, dava pra ver nitidamente e tirar muitas fotos legais. Poucos dias antes de viajar eu assisti o filme “The Runaways”, tem uma cena em que as meninas da banda sobem lá no topo do Hollywood Sign pra fumar maconha. Quando cheguei lá fiquei olhando pra placa e pensando “Caralho, a Joan Jett subiu ali pra fumar maconha, e eu tô aqui”, claro que eu não consegui chegar lá no topo da placa que nem elas e também não ia acender um baseado, mas fiquei imaginando aquele lugar nos anos 70 e elas bem louca subindo aquele barranco. Foi uma sensação muito foda!

Seguimos depois para Beverly Hills, paramos o carro na porta da casa onde foi gravado o “The Osbournes” da MTV, mas não tinha nada demais para ver, demos umas voltinhas por lá, mas infelizmente a vizinhança tava bem tranquila e não dei sorte de ver a Britney Spears dando os chiliques dela ou a Angelina Jolie e o Brad Pitt se pegando nos tapas. Passamos também pela Rodeo Drive, é uma rua por ali que só tem lojas de grife caríssimas e é onde as celebridades costumam fazer compras. A minha mãe adora canetas, então eu adquiri uma canetinha da Mont Blanc como lembrancinha para ela... logo em seguida eu caí da cama. (risos)

No nosso segundo dia em Los Angeles reservamos para ir no Universal Studios, gastei 100 dólares contando com a comida, mas valeu a pena. O parque é bem legal, o tour pelos sets de filmagem é muito interessante, passamos pelos sets de filmagens do seriado Desperate Housewives e dos filmes Guerra dos Mundos, Psicose, Grinch e outros. Curiosidade: o cenário dos dois últimos são um bem atrás do outro. No tour eles também mostram como são feitos alguns efeitos especiais como: fazer chover, explosões e carros voando. Passamos por um corredor 3D do Jurassic Park que parece que os dinossauros tão brigando bem do nosso lado e também vimos alguns carros usados nas filmagens dos filmes “Veloses e Furiosos”e “De Volta para o Futuro”, esse último claro que eu não perdi a oportunidade de tirar foto, eu tinha esse filme até gravado em fita VHS quando era criança , adorava assistir repetidas vezes e ficava matutando se era mesmo possível um carro te levar para o passado ou para o futuro.

Quando saímos do parque já seguimos direto para o hostel em San Diego, e nossa aventura pela cidade onde acontece toda magia do cinema acabou por aqui. Para mim, que sou apaixonada por cinema, foi emocionante, fiquei mesmo arrepiada de estar no lugar onde aconteceram muitas coisas que marcaram minha infância ou adolescência, realmente inesquecível.

6 comentários:

  1. E as adventures tem continuação,né? Pq senão vou ficar triste por não ter mais uma história de Mari on the road pra rir um muitoooooo!!!

    ResponderExcluir
  2. Nao seria fitaa VHS? :p
    Eu tmb fiquei emocionada em LA. Principalmente pq todo mundo me dizia que a cidade era feia e nao tinha nada. Eu ameeeei Hollywood, amei beverly Hills e me apaixonei por Santa Monica. Que cidade linda. Aqueles coqueiros.. ai ai ai. E como eu falo, a Katy Perry tem razao. Nothing comes close to the golden coast. :)
    Beijao, Mariii

    ResponderExcluir
  3. Que espaço maravilhoso, tao bem cuidadinho!! Um charme!
    Adoraria te-la como seguidora em nosso novo blog!
    adorei seu blog !!!

    ah...
    Somos irmãs, diferentes, mas com uma coisa em comum : queremos dividir nossos mimos, dicas, segredinhos, fotos, a gente por dentro e por fora !

    E vai ficar muito mais legal se você vier conosco !

    hug,

    Lulú & Sol

    ResponderExcluir
  4. flooor obrigada pelo coment!!to te seguindo tbm!!!!!adorooooooo
    c cuida!!
    bjao

    ResponderExcluir
  5. Gosteii do post!!
    =]
    Tenha uma otima semanaa
    Bjaaoo

    ResponderExcluir
  6. Muito bom! acompanhe a gente também! http://mulheresinsensatas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Receba um e-mail quando o blog for atualizado