sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sou Verde e Amarelo de coração!


Eu nunca fui patriota, pelo contrário, sempre fui revoltada com o Brasil, eu não entendia como outros países poderiam ser tão melhores do que o meu e lamentava todo dia por ser brasileira. Eu ficava revoltada e pensava “bem que eu poderia ser gringa, ter todos os direitos que um cidadão deveria ter: boa educação nas escolas, pais que pudessem pagar minha faculdade, oportunidades de ter um bom emprego, casa própria, carro, ou seja, tudo para ter uma vida confortável".

Depois de um tempo morando num lugar, a gente vê como as coisas funcionam na realidade, aqui percebi mais ainda como o povo brasileiro idolatra qualquer merda que não é sua, ao invés de fazer alguma coisa pra melhorar o próprio país, ficam que nem uns idiotas lambendo os fiofós dos gringos. Pior, sem saber que a cultura e o país deles também tem seus podres. Segue alguns podres que vi por aqui:

Os americanos são amigáveis, mas falsos. Conheço vários americanos que tratam as pessoas super bem mas se eles não precisam de você, te tratam tão mal que até parece que tem duas personalidades. Essa queixa não é só minha, eu já li que 1 a cada 4 americanos tem problemas mentais.

Muitos americanos, que contratam estrangeiros para trabalhar pra eles, aproveitam para explorar. Não  querem pagar férias, pagam uma merreca e fazem eles trabalharem jornadas duplas. Isso porque muitos são ilegais e não tem direito de reclamar. Muitas au pairs são exploradas, mesmo tendo respaudo da agência, as au pairs tem que pensar bem antes de reclamar de alguma coisa porque as Host Families estão sempre com a razão.

Eles são super repressores, tem regras pra tudo, não se pode fazer nada que a polícia já tá na sua cola. Maaas, por baixo dos panos é a uma Babilônia. Se você pensa que os jovens no Brasil são drogados, é porque você não viu aqui. 

Sexo então, nem se fala, você acha que no Brasil as meninas são precoces. Vem morar aqui pra você ver, vem?!. Na high school (o ensino médio no Brasil), as meninas de 13, 14 anos só pensam em putaria. Mal sairam das fraudas - literalmente, porque aqui eu já vi criança de 4 anos usando frauda - e  já deram pra metade dos meninos da escola.

E a ignorância deles em geografia? Eles recebem uma ótima educação mesmo em escolas públicas, mas mesmo assim, a grande maioria não sabe nada a respeito de outros países e outras culturas. Eu já comentei que quando falo que sou do Brasil eles tentam falar em espanhol comigo.  Outro dia sai com um infeliz que me perguntou se tirando a cidade de São Paulo, o resto do Brasil era tudo mato e fazendas. A professora de uma amiga minha tirou sarro das próprias raízes e contou a seguinte piada numa aula: como se chama uma pessoa que fala 3 línguas? … Trilíngue, como se chama uma pessoa que fala 2 línguas?... Bilíngue... e como se chama uma pessoa que só fala uma língua? … Americano. É realmente impressionante como muitos deles nunca visitaram outro país e nem tem vontade. Se fosse no Brasil, eu entenderia, porque o povo é pobre e viajar, ainda mais pra fora, é caríssimo, mas aqui, até uma faxineira, juntando grana por 2 meses, consegue fazer um mochilão pela Europa.

O que eu vi aqui, muita gente não tem nem idéia, e tem muitas outras coisas que eu nem vou entrar no mérito. A saúde, por exemplo, não existem hospitais de graça e os particulares são super caros.

Claro que existe a parte boa dos hábitos americanos, como: reciclar lixo, incentivo à leitura desde criança, o governo reserva boa verba para a educação etc. (fiz um vlog recente falando a respeito disso, clique aqui para assistir).

Lembrando que o que eu relato aqui é relacionado à uma maioria, sempre existem exceções, já conheci americanos que falam outra língua, que já moraram fora, que sabem até mais coisas sobre o Brasil do que eu, que não é aquele típico American Idiot da música do Green Day.

Uma das coisas que eu aprendi morando fora foi valorizar a minha própria cultura, e absorver o que as demais culturas tem de bom pra oferecer, e não ficar idolatrando outros países sem nem saber nada sobre eles. 

7 comentários:

  1. Mariiiiii, vc sabe bem,pelo q já conversamos, q tb odeioooooo o Brasil,mas tenho q reconhecer q vc listou muito bem os defeitos dos americanos.Ameiiiiiiiii o post!! ou melhor Amamossssss pq li pra minha mãe e ela me pediu até pra imprimir pra ela. Falou q vc é muito esclarecida! (eu falei q vc era loucaaaaaaa ahahahahaha mas uma louca de quem estou aprendendo a gostar muito!)

    ResponderExcluir
  2. Nunca fui nos EUA mas tenho muitos amigos americanos e sempre achei tudo isso que você escreveu no post, preciso viver aí pra comprovar tudo isso! hahaha ;D

    http://perfectlittleaccident.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Marii,
    Ótimo post,eu me divirto bastante lendo suas coisas aqui...

    ResponderExcluir
  4. so queria saber se a falsa da mae dela sabe que a boneca nao eh mais virgem! jajaja!
    muito bom mari, vc tem que publicar um livro!
    :-)

    ResponderExcluir
  5. Nossa, fiquei de cara agora!
    É bom saber dessas coisa antes de chegar nos EUA, estou criando uma expectativa que talvez não exista! obrigada por falar isso e dessa maneira!!

    Adoro seu blog :D

    ResponderExcluir
  6. Eu pero o ar quando vejo traidores querendo falar bem do Brasil,como se tivesse esse direito!!!TRAIDORA DA PATRIA é isso que vc é,e é isso que todos os imigrantes são,e sem sombra de duvidar irei despatria-los...não existe traidores bons,mas existe bons traidores.Traidores são uma vergonha, cuspo na sua cara se te encontrar na rua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentario foi tao relevante que eu so vi depois de 1 ano. Obrigada por compartiljar sua opiniao.

      Excluir

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sou Verde e Amarelo de coração!


Eu nunca fui patriota, pelo contrário, sempre fui revoltada com o Brasil, eu não entendia como outros países poderiam ser tão melhores do que o meu e lamentava todo dia por ser brasileira. Eu ficava revoltada e pensava “bem que eu poderia ser gringa, ter todos os direitos que um cidadão deveria ter: boa educação nas escolas, pais que pudessem pagar minha faculdade, oportunidades de ter um bom emprego, casa própria, carro, ou seja, tudo para ter uma vida confortável".

Depois de um tempo morando num lugar, a gente vê como as coisas funcionam na realidade, aqui percebi mais ainda como o povo brasileiro idolatra qualquer merda que não é sua, ao invés de fazer alguma coisa pra melhorar o próprio país, ficam que nem uns idiotas lambendo os fiofós dos gringos. Pior, sem saber que a cultura e o país deles também tem seus podres. Segue alguns podres que vi por aqui:

Os americanos são amigáveis, mas falsos. Conheço vários americanos que tratam as pessoas super bem mas se eles não precisam de você, te tratam tão mal que até parece que tem duas personalidades. Essa queixa não é só minha, eu já li que 1 a cada 4 americanos tem problemas mentais.

Muitos americanos, que contratam estrangeiros para trabalhar pra eles, aproveitam para explorar. Não  querem pagar férias, pagam uma merreca e fazem eles trabalharem jornadas duplas. Isso porque muitos são ilegais e não tem direito de reclamar. Muitas au pairs são exploradas, mesmo tendo respaudo da agência, as au pairs tem que pensar bem antes de reclamar de alguma coisa porque as Host Families estão sempre com a razão.

Eles são super repressores, tem regras pra tudo, não se pode fazer nada que a polícia já tá na sua cola. Maaas, por baixo dos panos é a uma Babilônia. Se você pensa que os jovens no Brasil são drogados, é porque você não viu aqui. 

Sexo então, nem se fala, você acha que no Brasil as meninas são precoces. Vem morar aqui pra você ver, vem?!. Na high school (o ensino médio no Brasil), as meninas de 13, 14 anos só pensam em putaria. Mal sairam das fraudas - literalmente, porque aqui eu já vi criança de 4 anos usando frauda - e  já deram pra metade dos meninos da escola.

E a ignorância deles em geografia? Eles recebem uma ótima educação mesmo em escolas públicas, mas mesmo assim, a grande maioria não sabe nada a respeito de outros países e outras culturas. Eu já comentei que quando falo que sou do Brasil eles tentam falar em espanhol comigo.  Outro dia sai com um infeliz que me perguntou se tirando a cidade de São Paulo, o resto do Brasil era tudo mato e fazendas. A professora de uma amiga minha tirou sarro das próprias raízes e contou a seguinte piada numa aula: como se chama uma pessoa que fala 3 línguas? … Trilíngue, como se chama uma pessoa que fala 2 línguas?... Bilíngue... e como se chama uma pessoa que só fala uma língua? … Americano. É realmente impressionante como muitos deles nunca visitaram outro país e nem tem vontade. Se fosse no Brasil, eu entenderia, porque o povo é pobre e viajar, ainda mais pra fora, é caríssimo, mas aqui, até uma faxineira, juntando grana por 2 meses, consegue fazer um mochilão pela Europa.

O que eu vi aqui, muita gente não tem nem idéia, e tem muitas outras coisas que eu nem vou entrar no mérito. A saúde, por exemplo, não existem hospitais de graça e os particulares são super caros.

Claro que existe a parte boa dos hábitos americanos, como: reciclar lixo, incentivo à leitura desde criança, o governo reserva boa verba para a educação etc. (fiz um vlog recente falando a respeito disso, clique aqui para assistir).

Lembrando que o que eu relato aqui é relacionado à uma maioria, sempre existem exceções, já conheci americanos que falam outra língua, que já moraram fora, que sabem até mais coisas sobre o Brasil do que eu, que não é aquele típico American Idiot da música do Green Day.

Uma das coisas que eu aprendi morando fora foi valorizar a minha própria cultura, e absorver o que as demais culturas tem de bom pra oferecer, e não ficar idolatrando outros países sem nem saber nada sobre eles. 

7 comentários:

  1. Mariiiiii, vc sabe bem,pelo q já conversamos, q tb odeioooooo o Brasil,mas tenho q reconhecer q vc listou muito bem os defeitos dos americanos.Ameiiiiiiiii o post!! ou melhor Amamossssss pq li pra minha mãe e ela me pediu até pra imprimir pra ela. Falou q vc é muito esclarecida! (eu falei q vc era loucaaaaaaa ahahahahaha mas uma louca de quem estou aprendendo a gostar muito!)

    ResponderExcluir
  2. Nunca fui nos EUA mas tenho muitos amigos americanos e sempre achei tudo isso que você escreveu no post, preciso viver aí pra comprovar tudo isso! hahaha ;D

    http://perfectlittleaccident.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Marii,
    Ótimo post,eu me divirto bastante lendo suas coisas aqui...

    ResponderExcluir
  4. so queria saber se a falsa da mae dela sabe que a boneca nao eh mais virgem! jajaja!
    muito bom mari, vc tem que publicar um livro!
    :-)

    ResponderExcluir
  5. Nossa, fiquei de cara agora!
    É bom saber dessas coisa antes de chegar nos EUA, estou criando uma expectativa que talvez não exista! obrigada por falar isso e dessa maneira!!

    Adoro seu blog :D

    ResponderExcluir
  6. Eu pero o ar quando vejo traidores querendo falar bem do Brasil,como se tivesse esse direito!!!TRAIDORA DA PATRIA é isso que vc é,e é isso que todos os imigrantes são,e sem sombra de duvidar irei despatria-los...não existe traidores bons,mas existe bons traidores.Traidores são uma vergonha, cuspo na sua cara se te encontrar na rua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentario foi tao relevante que eu so vi depois de 1 ano. Obrigada por compartiljar sua opiniao.

      Excluir

Receba um e-mail quando o blog for atualizado