terça-feira, 9 de março de 2010

Random...


Minha meta é atualizar o blog pelo menos 4 vezes por mês. As últimas semanas tem sido super busy, por isso, não estou parando pra escrever. Além de eu estar super
atarefada com muitas coisas que estão acontecendo (já já eu conto). A única coisa que tem passado pela minha cabeça é um fato/coisa/problema que não posso escrever about it.
Então isso tem dificuldado minhas inspirações, mas vou contar um pouco do que tem acontecido nas últimas semanas.

Estou super atarefada ultimamente porque surgiram algumas oportunidades e estou me virando em dobro pra fazer tudo. Tenho sorte com minha host family porque eu trabalho
pra eles 3 vezes por semana, e só às vezes, eu trabalho mais que isso, ou seja, tenho a lot of free time. Uma amiga minha brasileira, sabia disso e é professora numa Ong que, em parceria com mães brasileiras da Virginia, possuem uma escolinha de Português, o intuito é que filhos de brasileiros que moram nos Estados Unidos possam ter contato com a língua e a cultura brasileira. Ela me indicou lá e comecei a dar aula de Português às quintas-feiras para uma turminha de 3 anos, foi super desafio, mas adorei, na semana seguinte a Diretora da Ong me convidou para assumir outra turminha de 4 anos aos sábados, aceitei o desafio de novo. Faz duas semanas que estou lá e estou adorando, as crianças sugam minhas energias, mas é MUITO gratificante quando a gente percebe o resultado, ensinei uma musiquinha pra eles uma vez, na segunda aula já estavam todos cantando, até aqueles que não falam português at all já sairam cantarolando "Se eu fosse um peixinho e soubesse nadar...". Está sendo uma experiência maravilhosa.

Fora isso, conheci um casal que tem um filhinho de 1 ano e meio, eles me chamaram pra cuidar do menininho nos dias que eu tenho de folga com a minha host family, comecei essa semana. Conclusão, estou trabalhando em 3 empregos (hahahahhaha), jamais pensaria que eu teria todas essas oportunidades, mas uma coisa é fato, fui atrás de tudo isso, sou ambiciosa, não aguento ficar parada, se eu tenho qualquer tempo livre eu tento me ocupar, principalmente se for pra ganhar uns dólares a mais. É desgastante trabalhar tanto, mas eu aguento o tranco, penso "Se eu aguento badalar a noite toda, porque não aguentaria trabalhar?" E assim vou levando.

Mudando do trabalho para a badalação, esse fim de semana fui numa festa brasileira numa balada em DC. Bebi uma caipirinha que um amigo levou, mas o efeito durou pouco e logo comecei a ficar bored, ainda mais quando começaram a tocar Bruno e Marroni, deitei num sofá e dormi, foi ai que percebi o quanto eu estava cansada. Eu também não me empolguei muito porque a banda só tocava os lixos brasileiros: forró, pagode, sertanejo, axé, coisa que eu não curtia no Brasil, muito menos aqui. Os meus amigos que tavam lá, alopraram muito, dançaram e tiraram sarro, mesmo a música sendo ruím, mas é que além de estar cansada eu não tinha álcool suficiente no sangue pra entrar no clima deles, I mean, pra mim, quando o DJ/Banda são ruíns, só bêbada pra aguentar. No fim das contas, as fotos que registraram esse fim de semana foram eu dormindo e babando no sofá da balada. (hAUshUAShuAshuAsh)

Outra coisa que aconteceu que eu preciso contar é, aquele cara que eu mencionei no post "Pra cima de muá?", ainda tá na área, quer dizer, estava, porque depois dessa foi deletado de vez. A história foi a seguinte, eu e a minha amiga (vítima principal)resolvemos zuar com a cara dele, porque ele foi falar pra ela que estava chatiado comigo, ai peguei o número dele com ela e mandei uma mensagem bem tonta pedindo desculpa se eu havia o ofendido. O belezinha abriu as asinhas de novo (sabia que ele faria isso) e teve a cara de pau de me chamar pra jantar, além disso, no dia anterior ele deixou um recado no Facebook da nossa outra amiga (uma terceira) dizendo que a achava muito bonita. NÃÃÃÃO, esse merece uma surra!

Está confusa a história? Ok, vou explicar a bagunça, o que acontece é o seguinte: esse mané conheceu a minha amiga, começou a flertar com ela, ai me conheceu, me adicionou no
Facebook e começou a me xavecar, logo em seguida, ele adicionou a nossa outra amiga (que é essa terceira que ele deixou o recado no Facebook, dizendo que ela era linda).

Conclusão, eu respondi a mensagem do jantar bem grossa: "I'm not interested, thx anyway". O bicho virou uma arara que até me xingou. Pensa no sangue que subiu na minha
cabeça. Eu não deveria neeem ter dado mais corda, e nem essa mensagem deveria ter respondido, mas não aguentei, respondi o otário perguntando como ele ousava a falar
comigo daquele jeito, sendo que ele nem me conhece, que as pessoas que eu saio sabem que eu não sou nada do que ele falou, que eu não precisava provar nada pra ele, que
eu não devia satisfação de nada para um fucking jerk and loser, e que ele tava bloqueado e deletado de tudo. Depois dessa, o bichinho ficou mais puto que uma arara e me mandou 5 mensagens seguidas, que eu neeeem tive o trabalho de ler. Aaah, como eu queria que esse babaca tivesse no Brasil, eu ia chamar um monte de amigos pra dar uma surra nele pra ele aprender como se fala e como se trata uma mulher. Sem comentários!

Então são essas as novidades, apesar de ter aquele fato/coisa/problema, que eu mencionei, na cabeça martelando a toda hora, eu prometo me concentrar mais para contar as estripulias de uma Aupair chamada Mari Proença.

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkk

    adoreiiii e menina que delicia, eh mto bom trabalhar tanto mas deve ser uma correria fanatica!!!! Vc esta mto bem por ai, fico contente por vc!!! :)))

    e que cara insuportavel, aqui eh assim..... nem comento sobre americanos!!!! kkkkk

    mas tenta atualizar sim, deve ser bem complicado.....

    bjs

    ResponderExcluir
  2. ashuhsuahsushuas
    eba vc postooooooouuuu
    adoro seu blog, me divirto com sua historias,suahsushuashausha

    vc é bem doidinha msm!!
    hahahahaah

    adoreiii o post!

    beijo
    :]

    ResponderExcluir

terça-feira, 9 de março de 2010

Random...


Minha meta é atualizar o blog pelo menos 4 vezes por mês. As últimas semanas tem sido super busy, por isso, não estou parando pra escrever. Além de eu estar super
atarefada com muitas coisas que estão acontecendo (já já eu conto). A única coisa que tem passado pela minha cabeça é um fato/coisa/problema que não posso escrever about it.
Então isso tem dificuldado minhas inspirações, mas vou contar um pouco do que tem acontecido nas últimas semanas.

Estou super atarefada ultimamente porque surgiram algumas oportunidades e estou me virando em dobro pra fazer tudo. Tenho sorte com minha host family porque eu trabalho
pra eles 3 vezes por semana, e só às vezes, eu trabalho mais que isso, ou seja, tenho a lot of free time. Uma amiga minha brasileira, sabia disso e é professora numa Ong que, em parceria com mães brasileiras da Virginia, possuem uma escolinha de Português, o intuito é que filhos de brasileiros que moram nos Estados Unidos possam ter contato com a língua e a cultura brasileira. Ela me indicou lá e comecei a dar aula de Português às quintas-feiras para uma turminha de 3 anos, foi super desafio, mas adorei, na semana seguinte a Diretora da Ong me convidou para assumir outra turminha de 4 anos aos sábados, aceitei o desafio de novo. Faz duas semanas que estou lá e estou adorando, as crianças sugam minhas energias, mas é MUITO gratificante quando a gente percebe o resultado, ensinei uma musiquinha pra eles uma vez, na segunda aula já estavam todos cantando, até aqueles que não falam português at all já sairam cantarolando "Se eu fosse um peixinho e soubesse nadar...". Está sendo uma experiência maravilhosa.

Fora isso, conheci um casal que tem um filhinho de 1 ano e meio, eles me chamaram pra cuidar do menininho nos dias que eu tenho de folga com a minha host family, comecei essa semana. Conclusão, estou trabalhando em 3 empregos (hahahahhaha), jamais pensaria que eu teria todas essas oportunidades, mas uma coisa é fato, fui atrás de tudo isso, sou ambiciosa, não aguento ficar parada, se eu tenho qualquer tempo livre eu tento me ocupar, principalmente se for pra ganhar uns dólares a mais. É desgastante trabalhar tanto, mas eu aguento o tranco, penso "Se eu aguento badalar a noite toda, porque não aguentaria trabalhar?" E assim vou levando.

Mudando do trabalho para a badalação, esse fim de semana fui numa festa brasileira numa balada em DC. Bebi uma caipirinha que um amigo levou, mas o efeito durou pouco e logo comecei a ficar bored, ainda mais quando começaram a tocar Bruno e Marroni, deitei num sofá e dormi, foi ai que percebi o quanto eu estava cansada. Eu também não me empolguei muito porque a banda só tocava os lixos brasileiros: forró, pagode, sertanejo, axé, coisa que eu não curtia no Brasil, muito menos aqui. Os meus amigos que tavam lá, alopraram muito, dançaram e tiraram sarro, mesmo a música sendo ruím, mas é que além de estar cansada eu não tinha álcool suficiente no sangue pra entrar no clima deles, I mean, pra mim, quando o DJ/Banda são ruíns, só bêbada pra aguentar. No fim das contas, as fotos que registraram esse fim de semana foram eu dormindo e babando no sofá da balada. (hAUshUAShuAshuAsh)

Outra coisa que aconteceu que eu preciso contar é, aquele cara que eu mencionei no post "Pra cima de muá?", ainda tá na área, quer dizer, estava, porque depois dessa foi deletado de vez. A história foi a seguinte, eu e a minha amiga (vítima principal)resolvemos zuar com a cara dele, porque ele foi falar pra ela que estava chatiado comigo, ai peguei o número dele com ela e mandei uma mensagem bem tonta pedindo desculpa se eu havia o ofendido. O belezinha abriu as asinhas de novo (sabia que ele faria isso) e teve a cara de pau de me chamar pra jantar, além disso, no dia anterior ele deixou um recado no Facebook da nossa outra amiga (uma terceira) dizendo que a achava muito bonita. NÃÃÃÃO, esse merece uma surra!

Está confusa a história? Ok, vou explicar a bagunça, o que acontece é o seguinte: esse mané conheceu a minha amiga, começou a flertar com ela, ai me conheceu, me adicionou no
Facebook e começou a me xavecar, logo em seguida, ele adicionou a nossa outra amiga (que é essa terceira que ele deixou o recado no Facebook, dizendo que ela era linda).

Conclusão, eu respondi a mensagem do jantar bem grossa: "I'm not interested, thx anyway". O bicho virou uma arara que até me xingou. Pensa no sangue que subiu na minha
cabeça. Eu não deveria neeem ter dado mais corda, e nem essa mensagem deveria ter respondido, mas não aguentei, respondi o otário perguntando como ele ousava a falar
comigo daquele jeito, sendo que ele nem me conhece, que as pessoas que eu saio sabem que eu não sou nada do que ele falou, que eu não precisava provar nada pra ele, que
eu não devia satisfação de nada para um fucking jerk and loser, e que ele tava bloqueado e deletado de tudo. Depois dessa, o bichinho ficou mais puto que uma arara e me mandou 5 mensagens seguidas, que eu neeeem tive o trabalho de ler. Aaah, como eu queria que esse babaca tivesse no Brasil, eu ia chamar um monte de amigos pra dar uma surra nele pra ele aprender como se fala e como se trata uma mulher. Sem comentários!

Então são essas as novidades, apesar de ter aquele fato/coisa/problema, que eu mencionei, na cabeça martelando a toda hora, eu prometo me concentrar mais para contar as estripulias de uma Aupair chamada Mari Proença.

2 comentários:

  1. kkkkkkkkkk

    adoreiiii e menina que delicia, eh mto bom trabalhar tanto mas deve ser uma correria fanatica!!!! Vc esta mto bem por ai, fico contente por vc!!! :)))

    e que cara insuportavel, aqui eh assim..... nem comento sobre americanos!!!! kkkkk

    mas tenta atualizar sim, deve ser bem complicado.....

    bjs

    ResponderExcluir
  2. ashuhsuahsushuas
    eba vc postooooooouuuu
    adoro seu blog, me divirto com sua historias,suahsushuashausha

    vc é bem doidinha msm!!
    hahahahaah

    adoreiii o post!

    beijo
    :]

    ResponderExcluir

Receba um e-mail quando o blog for atualizado