terça-feira, 23 de março de 2010

Não tem como fugir


Ultimamente o que mais tenho desejado é estar de volta no Brasil, o motivo não é nenhum problema com meu trabalho, apesar de eu ter que cobrar meu pagamento toda vez porque se não eles esquecem, não estou de cara virada com a minha host family, pelo contrário, eles estão sendo super de boa por eu estar fazendo muitos extras, e compreensíveis pelo fato de que não tenho muito tempo pra participar da família, depois de conversar com eles sobre isso vi que eles entendem que salário de Aupair é uma piada e por isso que eu trabalho tanto.

As Aupairs que conheço que desistiram do programa, o motivo foi não ter dado certo com a família, nunca ouvi histórias de Aupair que foi embora porque estava com saudade do namorado, da família, da comida brasileira ou porque simplismente enjoou dos Estados Unidos. Mas é muito complicado quando você enjoa ou a saudade aperta muito, e é isso que tem acontecido comigo.

Algumas coisas acontecem que eu penso "Pô, se eu tivesse no Brasil, não teria que passar por isso". É especialmente complicado porque a gente tá aqui sozinha, mesmo que sua host family seja bacana e que você faça muitas amizades, NADA se compara com suas verdadeiras amizades e a família no Brasil. Ninguém vai te ajudar ou lembrar de você quando você precisar, aqui é você e Deus.

Já enjoei também de tudo por aqui, das baladas, dos restaurantes, das pessoas, ou seja, de tudo. Essa área onde moro é muito boa então não posso reclamar de tudo, mas pra quem é de São Paulo, que está acostumada a ter entertenimento 24 horas de segunda a segunda, aqui é um lixo.

No meu primeiro ano inteirinho, eu não tive homesick, senti saudades claro, mas nunca desejei que o tempo passasse logo pra eu voltar pra casa, coisa que tenho desejado, mas eu sei qual é o problema: É O SEGUNDO ANO COMO AUPAIR. Como já comentei em outro post, eu já estou calejada e não tenho mais paciência com certas coisas aqui, só estou aliviada porque eu ouço isso de todas as Aupairs que estão aqui por mais de um ano.

Acho que pensando tanto nisso, tive um sonho essa noite que me deu uma acordada. Apesar de tudo isso, NÃO se preocupem, vocês que estão no Brasil, não verão minha cara mais cedo não. Enquanto o problema é só saudade eu ainda vou levando. Bom, no sonho eu estava chegando no aeroporto de Garulhos, me esperando tava só a minha irmã, ai eu disse "Nossa, fulado, ciclano, beltrano disse que viria e nem o pai e a mãe tão aqui". Ai ela respondia "Tata, se liga, tamo no meio da semana o povo tem mais o que fazer né?".

Saimos do aeroporto e lá estava minha azeitona preta (meu carro) estacionado, ai minha irmã me deu a chave e disse "toma, é seu de volta". Eu toda feliz, sentei no banco no motorista muito empolgada para dirigir finalmente o meu carro sem me preocupar com nada, eis que eu não conseguia nem sair da vaga, motivos: direção não-hidráulica (volante DURO para cassete), janelas que abriam à manivela, marcha manual e embreagem num trânsito de neoróticos. Travei e passei o volante pra ela de volta.

Ao chegar em casa era uma alegria ver a minha família de novo, minha mãe tinha feito um banquete, mas eu comia e passava mal, não descia nada. Ai eu saia com a minha
irmã e ela parou pra comprar sei lá o que, e eu não aguentava ficar lá porque ela tinha estacionado perto de uma valeta que fedia esgoto, no caminho de volta pra casa minha rinite atacou e eu não parava de espirrar de tanta poluição, meus ouvidos doiam com as buzinas dos carros, eu ficava pasma com as favelas e com as pessoas mendigando na rua e ao voltar pra casa minha mãe dizia "Vc não tem mais quarto, vai ter que procurar lugar pra dormir". Era uma sensação horrível estar de volta ao Brasil, eu não aguentava a podridão do lugar e eu parecia não pertencer ali mais.

Enfim, não adianta querer apressar as coisas, tudo tem seu tempo, e me toquei que, não importa o que eu faça ou onde eu esteja, eu sempre terei que enfrentar problemas.

10 comentários:

  1. Então vai aproveitando cada momento aí...

    =*

    ResponderExcluir
  2. Oieee..
    Poisss é.. acho que o você está passando é inevitável! Pra falar a verdade, nem imaginoo como deve ser complicado essa saudadee que dóii!!
    Mas viva cada dia de uma vez, você também vai sentir saudade dos EUA.. e terá muitos anos pra curtir o nosso Brasaaa!!
    Beijokasss.. cuide-se!

    ResponderExcluir
  3. oiiii
    força que agora "falta pouco", e qdo vc estiver de volta aqui de alguma coisa com certeza vc vai sentir falta!!
    bjoss

    ResponderExcluir
  4. Hello Mari,

    Eu entendo perfeitamente o que voce postou. Eu fui au pair durante 2 anos. E a mesma coisa aconteceu comigo. 1 ano foi maravilhoso, 2 ja foi mais fraquinho. Mas por mais que eu ficasse enjoada eu sempre me forcava a tentar fazer algo diferente. Sempre me forcava a sair porque eu sabia que aqui nos USA eram apenas 2 anos e o Brazil era pro resto da vida. Eu pensei em voltar mais cedo por causa da saudade. Porem por eu ter sempre o habito de tentar aproveitar ao maximo mesmo tanto enjoada de tudo. Eu acabei conhecendo meu namorado hoje marido. E minha vida mudou completamente. E hoje morando aqui nos States sem ser uma au pair. Eu vejo que o mais dificil eh viver com uma familia e saber que vc nao faz parte dela. Porque a gente sabe que mesmo as host families sendo muito legais qualquer merda que a gente fizer a resultado eh RUA. Hoje eu tenho minha propria familia americana. e claro sinto saudades do Brasil mas para superar eu lembro das bostas que acontece no Brasil e dai meio que passa. Saudade eh um sentimento urgente, e temos que saber lidar com ela para nao fazer besteira. 1 amiga minha quis ficar apenas um ano por conta da saudade que era demais. Depois de 1 mes no Brasil tava doida pra voltar, e ela ate hoje nunca mais conseguiu voltar. E ainda eh o maior sonho da vida dela voltar para morar nos USA. Enfim cada um sabe como eh bom e ruin estar fora de casa. Porem eu aconselho a ti a seguir firme e forte porque eh algo que vc sabe que vai acabar. e mesmo que falte 9 ou 6 ou 3 meses pra terminar vc nunca sabe o que pode acontecer com vc amanha. Eu encontrei o amor da minha vida com um periodo de 6 meses antes de terminar meu programa. =P hahahaha

    Vai que vc tem uma proposta de trabalho, ou conhece mais pessoas que te abram mais oportunidades ... Uma coisa eh certa as coisas aqui nos USA acontecem com mais facilidade do que nos Brasil

    por isso aproveite !!!!


    beijos e obrigada por me seguir no blog !

    http://thesimplewordsociety.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. oieee estreante aqui no teu blog . ja to ti seguindo vou comessar a ler o teu blog .bjss

    ResponderExcluir
  6. brigada pelo comentario no meu blog.. O q passei pode ter sido uma preparação pra eu ficar mais forte no meu niver ano q vem neh.. jah q pretendo estar ai já!! =)

    Mina que sonho loucoooo!!!! ctza foi um aviso... de q eh pra vc ficar ai sim, de q vc esta no caminho certo, não desiste não viu?!

    beijão!!

    ResponderExcluir
  7. Oiee estreante no seu blog, e ja posso dizer que amei... To te seguindo ta? Abracos

    ResponderExcluir
  8. OIeee Mari
    Vc conheceee NC???
    Ai que legall tem uma amiga láa...
    Eu espero que dê tempo de conhecê-laa..
    tomara que ela consiga concretizar os planos dela!!

    Beijoss.. e obrigada pela visitaa!!
    Cuide-se!

    ResponderExcluir
  9. è dá pra entender como vc se senti, com tantas lembranças das tragedias daqui, aí é dificil masum pouco melhor digamos, pelo menos eu acho que por ai vc anda na rua e nao pisa em bosta de cachorro de 5 ou 5 minutos, ou seu salto fica preso no piso mal acabado do metro. ahsuahhahu odeiooo!!! Mas tem um lado positivo vai, nao há nada como os calientes brasileiros !!! rsssssss

    bj mari

    ResponderExcluir
  10. Ah vc aguentou até agora...tenho certeza que aguenta mais um pouqinho....rsss
    depois desse sonho seu aí, mesmo que vc chegar em uma segunda 2 horas da tarde eu vou estar no aeroporto te esperando....kkkk....pq se não vc vai ficar traumatizada....rss


    AMOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

    Força que vc aguenta!!!!

    =)

    bjus maguela!!!

    ResponderExcluir

terça-feira, 23 de março de 2010

Não tem como fugir


Ultimamente o que mais tenho desejado é estar de volta no Brasil, o motivo não é nenhum problema com meu trabalho, apesar de eu ter que cobrar meu pagamento toda vez porque se não eles esquecem, não estou de cara virada com a minha host family, pelo contrário, eles estão sendo super de boa por eu estar fazendo muitos extras, e compreensíveis pelo fato de que não tenho muito tempo pra participar da família, depois de conversar com eles sobre isso vi que eles entendem que salário de Aupair é uma piada e por isso que eu trabalho tanto.

As Aupairs que conheço que desistiram do programa, o motivo foi não ter dado certo com a família, nunca ouvi histórias de Aupair que foi embora porque estava com saudade do namorado, da família, da comida brasileira ou porque simplismente enjoou dos Estados Unidos. Mas é muito complicado quando você enjoa ou a saudade aperta muito, e é isso que tem acontecido comigo.

Algumas coisas acontecem que eu penso "Pô, se eu tivesse no Brasil, não teria que passar por isso". É especialmente complicado porque a gente tá aqui sozinha, mesmo que sua host family seja bacana e que você faça muitas amizades, NADA se compara com suas verdadeiras amizades e a família no Brasil. Ninguém vai te ajudar ou lembrar de você quando você precisar, aqui é você e Deus.

Já enjoei também de tudo por aqui, das baladas, dos restaurantes, das pessoas, ou seja, de tudo. Essa área onde moro é muito boa então não posso reclamar de tudo, mas pra quem é de São Paulo, que está acostumada a ter entertenimento 24 horas de segunda a segunda, aqui é um lixo.

No meu primeiro ano inteirinho, eu não tive homesick, senti saudades claro, mas nunca desejei que o tempo passasse logo pra eu voltar pra casa, coisa que tenho desejado, mas eu sei qual é o problema: É O SEGUNDO ANO COMO AUPAIR. Como já comentei em outro post, eu já estou calejada e não tenho mais paciência com certas coisas aqui, só estou aliviada porque eu ouço isso de todas as Aupairs que estão aqui por mais de um ano.

Acho que pensando tanto nisso, tive um sonho essa noite que me deu uma acordada. Apesar de tudo isso, NÃO se preocupem, vocês que estão no Brasil, não verão minha cara mais cedo não. Enquanto o problema é só saudade eu ainda vou levando. Bom, no sonho eu estava chegando no aeroporto de Garulhos, me esperando tava só a minha irmã, ai eu disse "Nossa, fulado, ciclano, beltrano disse que viria e nem o pai e a mãe tão aqui". Ai ela respondia "Tata, se liga, tamo no meio da semana o povo tem mais o que fazer né?".

Saimos do aeroporto e lá estava minha azeitona preta (meu carro) estacionado, ai minha irmã me deu a chave e disse "toma, é seu de volta". Eu toda feliz, sentei no banco no motorista muito empolgada para dirigir finalmente o meu carro sem me preocupar com nada, eis que eu não conseguia nem sair da vaga, motivos: direção não-hidráulica (volante DURO para cassete), janelas que abriam à manivela, marcha manual e embreagem num trânsito de neoróticos. Travei e passei o volante pra ela de volta.

Ao chegar em casa era uma alegria ver a minha família de novo, minha mãe tinha feito um banquete, mas eu comia e passava mal, não descia nada. Ai eu saia com a minha
irmã e ela parou pra comprar sei lá o que, e eu não aguentava ficar lá porque ela tinha estacionado perto de uma valeta que fedia esgoto, no caminho de volta pra casa minha rinite atacou e eu não parava de espirrar de tanta poluição, meus ouvidos doiam com as buzinas dos carros, eu ficava pasma com as favelas e com as pessoas mendigando na rua e ao voltar pra casa minha mãe dizia "Vc não tem mais quarto, vai ter que procurar lugar pra dormir". Era uma sensação horrível estar de volta ao Brasil, eu não aguentava a podridão do lugar e eu parecia não pertencer ali mais.

Enfim, não adianta querer apressar as coisas, tudo tem seu tempo, e me toquei que, não importa o que eu faça ou onde eu esteja, eu sempre terei que enfrentar problemas.

10 comentários:

  1. Então vai aproveitando cada momento aí...

    =*

    ResponderExcluir
  2. Oieee..
    Poisss é.. acho que o você está passando é inevitável! Pra falar a verdade, nem imaginoo como deve ser complicado essa saudadee que dóii!!
    Mas viva cada dia de uma vez, você também vai sentir saudade dos EUA.. e terá muitos anos pra curtir o nosso Brasaaa!!
    Beijokasss.. cuide-se!

    ResponderExcluir
  3. oiiii
    força que agora "falta pouco", e qdo vc estiver de volta aqui de alguma coisa com certeza vc vai sentir falta!!
    bjoss

    ResponderExcluir
  4. Hello Mari,

    Eu entendo perfeitamente o que voce postou. Eu fui au pair durante 2 anos. E a mesma coisa aconteceu comigo. 1 ano foi maravilhoso, 2 ja foi mais fraquinho. Mas por mais que eu ficasse enjoada eu sempre me forcava a tentar fazer algo diferente. Sempre me forcava a sair porque eu sabia que aqui nos USA eram apenas 2 anos e o Brazil era pro resto da vida. Eu pensei em voltar mais cedo por causa da saudade. Porem por eu ter sempre o habito de tentar aproveitar ao maximo mesmo tanto enjoada de tudo. Eu acabei conhecendo meu namorado hoje marido. E minha vida mudou completamente. E hoje morando aqui nos States sem ser uma au pair. Eu vejo que o mais dificil eh viver com uma familia e saber que vc nao faz parte dela. Porque a gente sabe que mesmo as host families sendo muito legais qualquer merda que a gente fizer a resultado eh RUA. Hoje eu tenho minha propria familia americana. e claro sinto saudades do Brasil mas para superar eu lembro das bostas que acontece no Brasil e dai meio que passa. Saudade eh um sentimento urgente, e temos que saber lidar com ela para nao fazer besteira. 1 amiga minha quis ficar apenas um ano por conta da saudade que era demais. Depois de 1 mes no Brasil tava doida pra voltar, e ela ate hoje nunca mais conseguiu voltar. E ainda eh o maior sonho da vida dela voltar para morar nos USA. Enfim cada um sabe como eh bom e ruin estar fora de casa. Porem eu aconselho a ti a seguir firme e forte porque eh algo que vc sabe que vai acabar. e mesmo que falte 9 ou 6 ou 3 meses pra terminar vc nunca sabe o que pode acontecer com vc amanha. Eu encontrei o amor da minha vida com um periodo de 6 meses antes de terminar meu programa. =P hahahaha

    Vai que vc tem uma proposta de trabalho, ou conhece mais pessoas que te abram mais oportunidades ... Uma coisa eh certa as coisas aqui nos USA acontecem com mais facilidade do que nos Brasil

    por isso aproveite !!!!


    beijos e obrigada por me seguir no blog !

    http://thesimplewordsociety.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. oieee estreante aqui no teu blog . ja to ti seguindo vou comessar a ler o teu blog .bjss

    ResponderExcluir
  6. brigada pelo comentario no meu blog.. O q passei pode ter sido uma preparação pra eu ficar mais forte no meu niver ano q vem neh.. jah q pretendo estar ai já!! =)

    Mina que sonho loucoooo!!!! ctza foi um aviso... de q eh pra vc ficar ai sim, de q vc esta no caminho certo, não desiste não viu?!

    beijão!!

    ResponderExcluir
  7. Oiee estreante no seu blog, e ja posso dizer que amei... To te seguindo ta? Abracos

    ResponderExcluir
  8. OIeee Mari
    Vc conheceee NC???
    Ai que legall tem uma amiga láa...
    Eu espero que dê tempo de conhecê-laa..
    tomara que ela consiga concretizar os planos dela!!

    Beijoss.. e obrigada pela visitaa!!
    Cuide-se!

    ResponderExcluir
  9. è dá pra entender como vc se senti, com tantas lembranças das tragedias daqui, aí é dificil masum pouco melhor digamos, pelo menos eu acho que por ai vc anda na rua e nao pisa em bosta de cachorro de 5 ou 5 minutos, ou seu salto fica preso no piso mal acabado do metro. ahsuahhahu odeiooo!!! Mas tem um lado positivo vai, nao há nada como os calientes brasileiros !!! rsssssss

    bj mari

    ResponderExcluir
  10. Ah vc aguentou até agora...tenho certeza que aguenta mais um pouqinho....rsss
    depois desse sonho seu aí, mesmo que vc chegar em uma segunda 2 horas da tarde eu vou estar no aeroporto te esperando....kkkk....pq se não vc vai ficar traumatizada....rss


    AMOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!

    Força que vc aguenta!!!!

    =)

    bjus maguela!!!

    ResponderExcluir

Receba um e-mail quando o blog for atualizado