quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

"Mulher gosta de dinheiro, quem gosta de p... é bixa" Hermes e Renato. Verdade?

Já ouviram a música "I can Tranformer Ya"? do Chris Brown com o Lil Wayne. Pra quem disse não, segue vídeo e letra abaixo:



[Lil Wayne]
Go hey Lil Mama,
I can transform ya,
No I can't dance, but I can dance on ya,
Swizz on the beat, Chris move ya feet,
And baby I can transform your him to a me,
I can change your life, make it so new,
Make you never want to go back to the old you,
Ciroc and lime, give it a lil time,
And she can transform like Optimus Prime

[Chris Brown]
Need a ride,
I can range you up,
Money, I can change you up,
You can ride your own,
No longer be the passenger,
Swag low, I build you up,
Knees, we can stand you up,
Red lips, red dress, like 'em like a fire truck,

[Bridge]
What you need, you can have that,
My black card, they don't decline that,
See potential in ya, let me mold that,
I can transform ya, I can transform ya,

[Chorus]
I can transform ya, I can transform ya,
Anything ya want, I can (I can) get it for ya,
You're my baby girl,
Shoulda known I did it for ya,
I can trans, I can trans, I can transform ya,

Shoes - you got it (got it)
Bags - you got it (got it),
Cars - you got it (got it),
Money - still got it (got it),
I can transform ya, I can transform ya,
Anything you want I can (I can) get it for ya,

[Chris Brown]
See me in the video, you can have it really though,
Iced out everything, break you like an eskimo,
Wanna fly, we can go, anywhere you wanna go,
Jimmy Choos in Italy, Louis V in Tokyo,

Something like Pinnochio,
If you lie down, I'ma grow,
Wanna see me do it big,
I can show you how it goes,
Take you from an amateur to being professional,
I can have you swag surfing

[Bridge]
What you need, you can have that,
My black card, they don't decline that,
See potential in ya, let me mould that,
I can transform ya, I can transform ya,

[Chorus]
I can transform ya, I can transform ya,
Anything ya want, I can (I can) get it for ya,
You're my baby girl,
Shoulda known I did it for ya,
I can trans, I can trans, I can transform ya,

Shoes - you got it (got it)
Bags - you got it (got it),
Cars - you got it (got it),
Money - still got it (got it),
I can transform ya, I can transform ya,
Anything you want I can (I can) get it for ya,

[Lil Wayne]
Okey,
I can transform ya, like a transformer,
I can turn you from a human to a Carter,
Take you off the bench, t-turn ya to a starter,
Then I take you home and put you on a charger,
Then my car transforms to a charter,
And we can fly to wherever you ever thought of,
I take you to where its warmer,
Then i gotta rip off your dress like a warm up,
But I'm just getting warmed up,
So tell your man he better get his Voltron up,
I transform her to a Ducati,
And then I transform me to a Bugatti,
'Cause her form puts me in a trance,
I transform smaller and she puts me in her pants,
with Swizz on the Beat, Chris move ya feet,
And Weezy transform a good girl to a freak,

[Chorus]
[The End]

Fazendo uma tradução geral, ele canta pra alguma mulher e diz que vai fazer ela se transformar como o Optimus Prime (?), que vai dar carros, dinheiro, sapatos, bolsas e por ai vai. Ao contrário da maioria dos hip-hops americanos, apesar da letra ser fútil, não é suja. Sim, comparando com umas por ai, já ouvi até falar que as mulheres inventam desculpas pra pagar um b... .Essa música me fez pensar sobre uma coisa que acontece muito com brasileiras quando vão pro exterior, casam com um gringo cheio da grana e vivem sendo sustentadas.

Quando um cara está muito a fim de uma mulher, isso no geral, ele tenta conquistar de alguma forma: se é bonito, da só uma olhada e não é muito difícil de conseguir (a não ser que seja muito imbecil), se é charmoso, com seu jeito de ser fatura, se é feio, ganha no xaveco, mas se tem dinheiro, leva vantagem no cartão de crédito. Uma amiga me disse uma vez "Quero um cartão de débito sem limite, porque cartão de crédito sem limite qualquer um tem", pra você ver que a mulherada tá exigente.
Mijei de rir.

Na América são poucos os que sabem o que é ser pobre, e adivinha o que? Desses poucos 80% são os estrangeiros ( - Eu, eu, eu - com a mão pra cima) e 20% são cidadões americanos que, por algum erro genético, não tem grana, esses números não foram pesquisados, estou usando só o meu conhecimento de mundo - anexo: nunca achei que usaria esse termo que aprendi numa aula super chata na facu.

Bem, vamos analisar até que ponto isso é vantajoso. Tudo que a mulher precisa fazer é transar com o cara, pronto... se ela for "esperta", leva no shopping e sai cheia de sacolas da Vitoria's Secret e da Louis Vuitton, logo, a mulher continua transando com o cara, e mais e mais presentes ela vai ganhando até que ganha uma aliança de noivado com uma pedra valiosa e depois de pouco tempo um tão desejado cartão verde, mas conhecido como Green Card. Pronto, dai em diante vocês já sabem, passar o resto da vida luxando sem derramar uma gota de suor, ou dar um pé no cara e ir atrás de outro.

Vejamos dois pontos: 1) As mulheres que fazem isso são umas oportunistas; Ou 2) As mulheres que fazem isso estão mais que certas. Eu não generalizo jamais, mas o que você vai ler é a minha opinião. Sou justa, tenho uma síntese com argumentos para ambos os lados, apesar do meu ponto de vista "cair" mais para a primeira opção. Falando das oportunistas, sim está cheio de mulheres que procuram os tais dos "sugar daddys" (são caras ricos e solteiros que querem uma gostosinha do lado e pagam por isso), tanto é que existe até site pra encontrar os tais. Não, eu nunca procurei um sugar daddy, eu soube porque conheci uma puta de profissão, e ela que comentou a respeito. As espertas usam o cara para conseguir o que querem e depois dão uma bota no imbecil. Tem caras que até merecem, já tive a infelicidade de sair com alguns que deveriam sair com essas interesseiras pra aprender. Mas apesar disso, eu nunca serviria pra golpista, primeiro porque eu não conseguiria transar com uma pessoa que eu não tivesse química, só pra conseguir um sapato de grife que foi lançado semana passada na NY Fashion Week ou casar com uma pessoa que eu não amasse, aguenta-lo por sei lá quanto tempo pra ter um Green card, na boa, eu sou sensata e fria até demais pra sentimentos, mas nesse ponto eu sou uma bundona. Penso que, por mais que eu ame bolsas, sapatos, casacos, perfumes, jóias (quer dizer, eu amo bijuteria, porque jóias eu não tenho), a vida é muito mais do que isso e viver dependendo de alguém é uma coisa que eu não vejo no meu futuro.



Vendo pelo outro lado, o lado das 'mulheres que fazem isso são espertas isso sim', ás vezes me revolto, vejo amigas que namoram americanos e tem tudo: viajam, sempre estão atualizadas na moda, frenquentam as melhores baladas, restaurantes e lugares. Ou seja, e eu aqui fazendo milagre com o "faz me rir" que é o salário de Aupair. Penso: - Porque eu não sei fazer o mesmo? Do jeito que sou besta, acabarei casando com o amor da minha vida e vivendo embaixo da ponte com ele e encher a barriga de vento, já que amor não enche barriga.

Existe também um terceiro lado, as que encontram um cara bacana, se apaixonam e tem a sorte do cara ter grana, conheço umas nessa situação também, esse caso que eu chamo de unir o útil ao agradável.

Eu fico pensando também como esses homens são idiotas, gastam mô grana só pra sair com uma mulher, tem mulher que faz mô hora com a cara deles e mesmo assim eles continuam pagando. Um dia sai com duas amigas pra jantar, uma delas eu encontrei poucas vezes, e foi essa que ligou pra um cara e comentou que estava no restaurante X, depois de um tempinho o fulano apareceu, pagou a nossa conta plus um monte de bebidas, elas foram pra balada com o cara depois que saimos do restaurante e eu fui pra casa, eu tinha deixado o carro num estacionamento, a amiga que saia com o tal do cara, puxou ele e disse "Seguinte, dá 10 dólares ai pra ela pagar o estacionamento" e o cara me deu, peguei o dinheiro, lógico porque sou besta mais nem tanto, dei tchau e fui pra casa. Eu pensei "PQP, esse cara é um otário mesmo", na boa, a mina só usando na cara larga e pra ele estava tudo ok.

No final das contas, entre passar a vida com alguém por interesse ou, ficar com a pessoa amada e batalhar para conquistar suas coisas, apesar dos pesares, eu ainda fico com a segunda opção.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

"Mulher gosta de dinheiro, quem gosta de p... é bixa" Hermes e Renato. Verdade?

Já ouviram a música "I can Tranformer Ya"? do Chris Brown com o Lil Wayne. Pra quem disse não, segue vídeo e letra abaixo:



[Lil Wayne]
Go hey Lil Mama,
I can transform ya,
No I can't dance, but I can dance on ya,
Swizz on the beat, Chris move ya feet,
And baby I can transform your him to a me,
I can change your life, make it so new,
Make you never want to go back to the old you,
Ciroc and lime, give it a lil time,
And she can transform like Optimus Prime

[Chris Brown]
Need a ride,
I can range you up,
Money, I can change you up,
You can ride your own,
No longer be the passenger,
Swag low, I build you up,
Knees, we can stand you up,
Red lips, red dress, like 'em like a fire truck,

[Bridge]
What you need, you can have that,
My black card, they don't decline that,
See potential in ya, let me mold that,
I can transform ya, I can transform ya,

[Chorus]
I can transform ya, I can transform ya,
Anything ya want, I can (I can) get it for ya,
You're my baby girl,
Shoulda known I did it for ya,
I can trans, I can trans, I can transform ya,

Shoes - you got it (got it)
Bags - you got it (got it),
Cars - you got it (got it),
Money - still got it (got it),
I can transform ya, I can transform ya,
Anything you want I can (I can) get it for ya,

[Chris Brown]
See me in the video, you can have it really though,
Iced out everything, break you like an eskimo,
Wanna fly, we can go, anywhere you wanna go,
Jimmy Choos in Italy, Louis V in Tokyo,

Something like Pinnochio,
If you lie down, I'ma grow,
Wanna see me do it big,
I can show you how it goes,
Take you from an amateur to being professional,
I can have you swag surfing

[Bridge]
What you need, you can have that,
My black card, they don't decline that,
See potential in ya, let me mould that,
I can transform ya, I can transform ya,

[Chorus]
I can transform ya, I can transform ya,
Anything ya want, I can (I can) get it for ya,
You're my baby girl,
Shoulda known I did it for ya,
I can trans, I can trans, I can transform ya,

Shoes - you got it (got it)
Bags - you got it (got it),
Cars - you got it (got it),
Money - still got it (got it),
I can transform ya, I can transform ya,
Anything you want I can (I can) get it for ya,

[Lil Wayne]
Okey,
I can transform ya, like a transformer,
I can turn you from a human to a Carter,
Take you off the bench, t-turn ya to a starter,
Then I take you home and put you on a charger,
Then my car transforms to a charter,
And we can fly to wherever you ever thought of,
I take you to where its warmer,
Then i gotta rip off your dress like a warm up,
But I'm just getting warmed up,
So tell your man he better get his Voltron up,
I transform her to a Ducati,
And then I transform me to a Bugatti,
'Cause her form puts me in a trance,
I transform smaller and she puts me in her pants,
with Swizz on the Beat, Chris move ya feet,
And Weezy transform a good girl to a freak,

[Chorus]
[The End]

Fazendo uma tradução geral, ele canta pra alguma mulher e diz que vai fazer ela se transformar como o Optimus Prime (?), que vai dar carros, dinheiro, sapatos, bolsas e por ai vai. Ao contrário da maioria dos hip-hops americanos, apesar da letra ser fútil, não é suja. Sim, comparando com umas por ai, já ouvi até falar que as mulheres inventam desculpas pra pagar um b... .Essa música me fez pensar sobre uma coisa que acontece muito com brasileiras quando vão pro exterior, casam com um gringo cheio da grana e vivem sendo sustentadas.

Quando um cara está muito a fim de uma mulher, isso no geral, ele tenta conquistar de alguma forma: se é bonito, da só uma olhada e não é muito difícil de conseguir (a não ser que seja muito imbecil), se é charmoso, com seu jeito de ser fatura, se é feio, ganha no xaveco, mas se tem dinheiro, leva vantagem no cartão de crédito. Uma amiga me disse uma vez "Quero um cartão de débito sem limite, porque cartão de crédito sem limite qualquer um tem", pra você ver que a mulherada tá exigente.
Mijei de rir.

Na América são poucos os que sabem o que é ser pobre, e adivinha o que? Desses poucos 80% são os estrangeiros ( - Eu, eu, eu - com a mão pra cima) e 20% são cidadões americanos que, por algum erro genético, não tem grana, esses números não foram pesquisados, estou usando só o meu conhecimento de mundo - anexo: nunca achei que usaria esse termo que aprendi numa aula super chata na facu.

Bem, vamos analisar até que ponto isso é vantajoso. Tudo que a mulher precisa fazer é transar com o cara, pronto... se ela for "esperta", leva no shopping e sai cheia de sacolas da Vitoria's Secret e da Louis Vuitton, logo, a mulher continua transando com o cara, e mais e mais presentes ela vai ganhando até que ganha uma aliança de noivado com uma pedra valiosa e depois de pouco tempo um tão desejado cartão verde, mas conhecido como Green Card. Pronto, dai em diante vocês já sabem, passar o resto da vida luxando sem derramar uma gota de suor, ou dar um pé no cara e ir atrás de outro.

Vejamos dois pontos: 1) As mulheres que fazem isso são umas oportunistas; Ou 2) As mulheres que fazem isso estão mais que certas. Eu não generalizo jamais, mas o que você vai ler é a minha opinião. Sou justa, tenho uma síntese com argumentos para ambos os lados, apesar do meu ponto de vista "cair" mais para a primeira opção. Falando das oportunistas, sim está cheio de mulheres que procuram os tais dos "sugar daddys" (são caras ricos e solteiros que querem uma gostosinha do lado e pagam por isso), tanto é que existe até site pra encontrar os tais. Não, eu nunca procurei um sugar daddy, eu soube porque conheci uma puta de profissão, e ela que comentou a respeito. As espertas usam o cara para conseguir o que querem e depois dão uma bota no imbecil. Tem caras que até merecem, já tive a infelicidade de sair com alguns que deveriam sair com essas interesseiras pra aprender. Mas apesar disso, eu nunca serviria pra golpista, primeiro porque eu não conseguiria transar com uma pessoa que eu não tivesse química, só pra conseguir um sapato de grife que foi lançado semana passada na NY Fashion Week ou casar com uma pessoa que eu não amasse, aguenta-lo por sei lá quanto tempo pra ter um Green card, na boa, eu sou sensata e fria até demais pra sentimentos, mas nesse ponto eu sou uma bundona. Penso que, por mais que eu ame bolsas, sapatos, casacos, perfumes, jóias (quer dizer, eu amo bijuteria, porque jóias eu não tenho), a vida é muito mais do que isso e viver dependendo de alguém é uma coisa que eu não vejo no meu futuro.



Vendo pelo outro lado, o lado das 'mulheres que fazem isso são espertas isso sim', ás vezes me revolto, vejo amigas que namoram americanos e tem tudo: viajam, sempre estão atualizadas na moda, frenquentam as melhores baladas, restaurantes e lugares. Ou seja, e eu aqui fazendo milagre com o "faz me rir" que é o salário de Aupair. Penso: - Porque eu não sei fazer o mesmo? Do jeito que sou besta, acabarei casando com o amor da minha vida e vivendo embaixo da ponte com ele e encher a barriga de vento, já que amor não enche barriga.

Existe também um terceiro lado, as que encontram um cara bacana, se apaixonam e tem a sorte do cara ter grana, conheço umas nessa situação também, esse caso que eu chamo de unir o útil ao agradável.

Eu fico pensando também como esses homens são idiotas, gastam mô grana só pra sair com uma mulher, tem mulher que faz mô hora com a cara deles e mesmo assim eles continuam pagando. Um dia sai com duas amigas pra jantar, uma delas eu encontrei poucas vezes, e foi essa que ligou pra um cara e comentou que estava no restaurante X, depois de um tempinho o fulano apareceu, pagou a nossa conta plus um monte de bebidas, elas foram pra balada com o cara depois que saimos do restaurante e eu fui pra casa, eu tinha deixado o carro num estacionamento, a amiga que saia com o tal do cara, puxou ele e disse "Seguinte, dá 10 dólares ai pra ela pagar o estacionamento" e o cara me deu, peguei o dinheiro, lógico porque sou besta mais nem tanto, dei tchau e fui pra casa. Eu pensei "PQP, esse cara é um otário mesmo", na boa, a mina só usando na cara larga e pra ele estava tudo ok.

No final das contas, entre passar a vida com alguém por interesse ou, ficar com a pessoa amada e batalhar para conquistar suas coisas, apesar dos pesares, eu ainda fico com a segunda opção.

Receba um e-mail quando o blog for atualizado